Archive for August, 2010

Dicas para analisar dados no Twitter

August 30, 2010

É sempre bom ter números para fundamentar sua ação comunicacional

Adam Esteves Debiasi (@adamesteves)

A dica de hoje é sobre mensuração no Twitter. Ou seja, como medir os resultados da sua comunicação no microblog mais famoso da Web.

1) Quantificação de links postados:

Quer saber quantas pessoas clicaram em um link postado por você? Uma das ferramentas mais úteis para isso é o Bit.ly. Este site, além de ser um encurtador de links, também fornece dados sobre o seu post.

Cadastra-se no site (é muito rápido, apenas nick e password) e, quando quiser analisar os dados de determinado link, copie-o, coloque-o na barra do browser (navegador) e depois insira o sinal de mais na frente do link. Deste modo: http//bit.ly/SMexemplo+

Você também pode entrar no site e clicar no botão Analyze para saber mais informações.

2) Análise de palavras-chave

O Tweet Volume funciona como uma espécie de  Google Insights, embora seja mais limitado. Nele, você pode quantificar as tags para encontrar o termo mais adequado e chamativo para o seu post. Por exemplo, na dúvida em utilizar “bolacha” ou “biscoito” no seu tweet, você pode deixar a escolha para o Tweet Volume: 3,490 citações sobre “bolacha” e 6,250 sobre “biscoito”. Ou seja, biscoito seria o vocábulo mais apropriado.

Essa ferramenta pode ser usado para várias ações que exemplificarei em outros posts, assim, como diferentes dicas de mensuração que também darei aqui.

Não se esqueçam que “a mensuração revela-se importante, pois, além de aferir o grau de cumprimento das metas planejadas, fornece elementos para feedback de todo o processo de comunicação. A mensuração também é útil por fornecer elementos objetivos à alta administração da empresa, de forma a subsidiar decisões de investimento na atividade de comunicação”  (João Curvello, p. 126, no livro Assessoria de Imprensa e Relacionamento com a Mídia: teoria e técnica).

Redes sociais nas empresas: necessidade?

August 29, 2010

Adam Esteves Debiasi

Outro dia ouvi a seguinte dúvida sobre o uso de redes sociais em organizações:

“Mas qual é a ideia de contratar alguém para usar as redes sociais? Elas [o acesso] são gratuitas, não?”.
Por mais óbvia que pareça, a noção de que existem técnicas de comunicação específicas para se trabalhar nesses canais é desconhecida por muitos; principalmente, entre os profissionais com mais de 30 anos, que foram criados dentro da cultura das mídias tradicionais.

Muitas pessoas não vêem, inclusive, a imprescindibilidade da utilização das redes sociais nas empresas, classificando-as como mera “perfumaria”.

Uma dica para quem quer saber se o uso de redes sociais é ou não necessário para as organizações: acesse o Search.Twitter e digite o nome da empresa ou do produto ofertado por ela. Tire suas próprias conclusões.


%d bloggers like this: