#Cfb2011 – Social Games no Facebook: Entenda o Cenário

Os games fazem parte da estratégia do Facebook de centralizar toda a navegação do usuário no site e, por isso, vem ganhando cada vez mais importância nesse meio e aumentando a lucratividade, não só das empresas que criam esses jogos, mas também de marcas comuns.

Esse foi o tema do palestrante Rafael Rodrigues, da Aquiris, no evento “Compartilhando o Facebook”. Abaixo, você vê as outras considerações do especialista.

“O público softcore, casual, de games era relativamente esquecido no passsado.”

Diferenças entre os tipos de games:

Hardcore: enredo elaborado, dinâmica complexa, gráficos 3D, joystick complexo

Softcore: histório trivial, complexidade, Gráficos 2D (normalmente, feitos em flash), mouse.

Segundo Rodrigues, “a única saída para os jogos casuais antes das redes sociais era criar um site com o jogo e capitalizar isso com publicidade. Depois do Facebook, essa realidade mudou. Não tem complexidade para que aplicativos sejam aprovados.

E, assim, Mafia Wars foi a primegira interação mais imersiva de jogos casuais nas redes sociais.

Cenário atual:

As vendas de bens-virtuais podem chegar a U$1,6 bilhões apenas nos EUA, com metade disso sendo gasto apenas em social games no Facebook.

Considerações do blog: essa é uma tendência internacional e, portanto, é interessante que marcas de produtos e serviços também comecem a experimentar essa ferramenta que, além de lúdica, é uma ótima forma de fazer Branding, como nos exemplos da CCAA e da Colgate.

Case de Social Game da Colgate

Case de Social Game do CCAA

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s


%d bloggers like this: