Archive for November, 2011

Tendência: redes sociais passam a valorizar fotografias

November 22, 2011

Adam Esteves Debiasi

No final da década passada, com a popularização do Twitter, a tônica das redes sociais passou a ser a “timeline”. Assim, naquele momento, todas passaram a adicionar ou otimizar aquela funcionalidade que, hoje, é considerada praticamente uma obrigação para qualquer site do ramo. 

O que vem se percebendo desde então, é que, de tempos em tempos, os sites de redes sociais acompanham e agregam funcionalidades-chaves, tornando-as tendências que, em alguns casos, acabam sendo requisito mínimo para assegurar as suas vidas úteis.

Atualmente, o mote são as fotografias. São infinitas as redes sociais que deram mais destaque às imagens, incluindo aí até mesmo aplicativos sociais.  Vamos acompanhar um breve histórico:

1. Foursquare: em julho deste ano, a rede social baseada em geolocalização começou a mostrar, na timeline, não apenas as informações do check-in, mas também as fotos feitas por meio dele.

2. Twitter: no final de agosto, o Twitter lançou a sua galeria de usuários, na qual  todas as fotos postadas pelos internautas na rede social passaram a ficar armazenadas.

3. Facebook: a principal rede social da atualidade fez uma série de mudanças nos últimos meses, entre as quais estava o destaque para as fotografias postadas. Além de ficarem maiores, elas passaram a ter uma organização mais sofisticada na timeline.

Fato é que o grande agente dessa mudança foi o mundo mobile. Com ele, capturar os momentos passou a ser muito mais importante que descrevê-los. E foi nessa “onda” que o aplicativo para iPhone Instagram (também considerado uma rede social) surgiu. A sua simplicidade no compartilhamento de fotos pode ser comparada à simplicidade do Twitter no compartilhamento de ideias.

Ele surgiu há um ano e já conta com 10 milhões de usuários, sendo um dos mais baixados na loja de aplicativos da Apple.

Existem outros aplicativos semelhantes que também estão fazendo sucesso com fotografias e recursos que têm a finalidade de melhorá-las: é o caso do Hipstamatic e do Pixlromatic.

Atualizado em 22/02/2012: Uma nova rede social vem confirmando essa tendência: Pinterest. Ela é a mais nova febre da Internet e gerou mais tráfego de referência no mês de janeiro de 2012 do que gigantes como LinkedIn e Google+.

Aplicativo Hipstamatic social remete à fotografia analógica

E você, já tem ideia de qual será a próxima tendência das redes sociais ou acha que as fotografias dominarão ainda por algum tempo?

Deixe sua opinião no campo de comentários!

Advertisements

Ticker do Facebook irá mostrar Sponsored Stories

November 20, 2011

Adam Esteves Debiasi

O Facebook vai aumentar a distribuição de Sponsored Stories permitindo que elas sejam divulgadas também na funcionalidade Ticker.

Desde que o Ticker — um pequeno feed localizado no canto superior direito do Facebook — foi lançado em Agosto, os anúncios de contexto social tinham sido gerenciados via o aplicativo Ticker apenas para jogos do Facebook.

Em um e-mail recebido pela manhã de hoje, Annie Ta, porta-voz do Facebook, disse, “começando na segunda-feira, nós estamos continuando a, lentamente, lançar Sponsored Stories no Ticker. Sponsored Stories ajudam as pessoas a ver mais marketing relevante no Facebook e elas podem ser duas vezes mais engajadas com os anúncios na rede social.”

Com informações do site Mashable

 

Como usar o Google+ para empresas

November 18, 2011

Adam Esteves Debiasi

A dúvida é sempre a mesma: devo trocar o Facebook, no qual já tenho milhares de fãs, pelo Google+, que ainda está engatinhando?

Não. A maioria das redes sociais atuam de forma complementar. Fousquare não deve ser comparado com Facebook, que não deve ser comparado com Twitter. 

O Google Plus, por sua vez, também tem suas características distintas. Vamos a elas:

1 – Faça o CRM: entre todas as redes sociais que surgiram até hoje, o Google+ é a que melhor se encaixa na perspectiva de CRM (Customer Relationship Management) pelo fato de otimizar o relacionamento personalizado, o que pode ser percebido desde os hangouts, realizados com pequenos grupos, até os círculos, que podem agregar pessoas com interesses em comum.

2 – Separação por círculos: sua empresa é daquelas que tem um público extremamente segmentado? Por exemplo, loja de roupa que agrada desde skatistas a jogadores de basquete? Crie um círculo para cada grupo e converse com as pessoas usando um conceito específico para os respectivos círculos . A comunicação será mais dirigida e terá melhor efeito.

3 – Hangouts: faça chats por meio de videoconferência, escolhendo uma temática específica que possa agradar esses grupos previamente determinados por você.

4 – Post com SEO: os posts feitos no Google+ aparecem nos resultados de busca do Google, sendo uma ótima oportunidade para chamar a atenção dos internautas, usando técnicas de Search Engine Optimization, é claro.

Vale lembrar que esse recurso só funciona quando o usuário está logado no Google ao fazer a busca. Isso permite que o Google mostre apenas resultados de mensagens postadas pelas pessoas que estão presentes nos círculos do usuário na rede social. Somente mensagens públicas aparecerão entre os resultados.

Como criar uma página empresarial no Google+

November 9, 2011

Adam Esteves Debiasi

Ontem, o Google anunciou o lançamento do perfil para empresas na sua rede social, o Google Plus. Se você está querendo colocar sua empresa dentro dessa novidade, aqui vai a dica:

1) Obviamente, você tem que ter um e-mail no Gmail e uma conta no Google+.

2) Após estar logado na rede social, clique em “Criar uma página”, abaixo de “Hangouts”, como mostra a imagem a seguir:

Ainda no seu perfil pessoal, vá em "Criar uma página do Google+"

3) O passo seguinte é bem parecido com a criação da Fan Page no Facebook. Você precisa escolher a categoria em que sua organização se enquadra e preencher outras informações básicas, como “website” e “sobre”.

Alguns passos se assemelham bastante aos da Fan Page do Facebook

4) Pronto! Sua página está criada, mas ainda falta entender os primeiros passos para utilizar a rede social, que são disponibilizados pelo próprio Google+ e mostrados na sua timeline, assim que você cria a página.

Nós próximos dias, postaremos uma análise de como o Google+ pode ser útil para as empresas. Embora os recursos e layout se assemelhem bastante aos da Fan Page do Facebook, há uma diferença fundamental na cultura inata do Google+. Ficou curioso? Aguarde o próximo post…

Google+ lança perfil para empresas

November 8, 2011

Adam Esteves Debiasi

O Google anunciou hoje, por meio de seu blog oficial, o lançamento da Página empresarial da sua rede social, o Google+, o equivalente à Fan Page do Facebook.

Agora, as empresas têm um espaço oficial para atuar, atitude antes recriminada pelo Google, que chegou a excluir contas de empresas como Ford e Mashable no Google+, feitas em perfis pessoais.

Segundo comunicado do blog oficial da gigante da Internet, “até agora o Google+ focou em conectar pessoas com outras pessoas. Mas nós queremos ter certeza que você possa construir relacionamentoscom todas as coisas que você gosta — de empresas locais a marcais mundiais — assim, hoje, nós estamos lançando mundialmente a Página do Google+”.

Confira o vídeo divulgado pelo Google:

Você acha que a Página do Google+ vai superar a Fan Page do Facebook? Deixe sua opinião no campo de comentários!


%d bloggers like this: